Sexta-feira, 18.05.18

Lançamento do Livro "Fernando Sylvan, uma monografia"

Lançamento do Livro "Fernando Sylvan, uma biografia"


Livro de José Bárbara Branco sobre o autor timorense Fernando Sylvan é lançado em Díli no dia 9 de junho.

Com edição de Rui Fonseca, o livro assume um retrato do escritor timorense que viveu a maior parte da sua vida em Portugal.

 

Este livro diz respeito a um extraordinário autor das Letras Portuguesas do século XX e, seguramente até agora, um dos mais notáveis escritores nascidos no então Timor Português, hoje Timor-Leste.

 

Nasceu em Díli a 26 de agosto de 1917 e faleceu em Cascais a 25 de dezembro de 1993, foi poeta, prosador e ensaísta.

 

Abílio Mota Ferreira, ou sob o pseudónimo Fernando Sylvan, é hoje inexplicavelmente pouco conhecido, pois a sua obra é vasta, eclética e muito interventiva, resultante de incansável actividade como jornalista, escritor, conferencista, ensaísta, poeta, professor e filósofo da singularidade da presença de Portugal no mundo. Foi presidente da Sociedade de Língua Portuguesa, em Lisboa, durante cerca de vinte anos.

 

Autodidacta assumido, cultivou a escrita com mestria e fez incursões em quase todos os domínios humanísticos. Foi um defensor convicto da portugalidade e da língua portuguesa, que viria a assumir uma intransigente reivindicação dos direitos dos timorenses e da independência de Timor.

 

O seu percurso, tanto no campo literário como na área profissional e pessoal, faz de Sylvan uma figura singular - que José Bárbara Branco nos dá a conhecer num laborioso trabalho de pesquisa e análise em arquivos, nos recônditos de bibliotecas e fontes orais. A sua apresentação fundamentada, mas muito dinâmica e objectiva, proporcionam não só a descoberta da biografia e obra de uma personalidade marcante, mas ainda uma viagem pela cultura portuguesa, de aquém e além-mar, no entrelaçado da diáspora da portugalidade com a visão transformada de um homem independente, que sentia e clamava que tinha duas pátrias: Timor e Portugal.

 

Este livro, publicado nos cem anos do nascimento de Fernando Sylvan é, para além de homenagem, um contributo para um novo impulso ao estudo da sua obra, não apenas pelos aficionados dos assuntos relativos a Timor, ou académicos. É também uma mais-valia para a consciência da valorização do português no mundo e como língua oficial em Timor-Leste – e ainda o conhecimento da enorme importância cultural de Fernando Sylvan pelos próprios timorenses.


Fonte:  http://www.coisas.com/Fernando-Sylvan-uma-biografia


Fernando Sylvan recebeu postumamente a condecoração Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.


Obras publicadas:

POESIA

 

Vendaval. Porto, 1942
Oração. Porto, 1942Os Poemas de Fernando Sylvan (capa de Neves e Sousa). Porto, 1945
7 Poemas de Timor (com vinheta de Azinhal Abelho e um desenho de João-Paulo na 1ª edição). Lisboa, 1965. 2ª edição, pirata. Lisboa, 1975.
Mensagem do Terceiro Mundo (poema e traduções de Barry Lane Bianchi, Serge Farkas, Inácia Fiorillo e Marie-Louise Forsberg-Barrett para inglês, francês, italiano e sueco). Lisboa, 1972.
Tempo Teimoso (capa da 1ª edição de Cipriano Dourado). Lisboa, 1974. 2ª edição, Lisboa, 1978
Meninas e Meninos, Lisboa, 1979
Cantogrito Maubere – 7 Novos Poemas de Timor-Leste (carta-prefácio de Maria Lamas, nota de Tina Sequeira, capa de Luís Rodrigues). Lisboa, 1981.
Mulher ou o Livro do teu Nome (com 21 desenhos de Luís Rodrigues, prefácio de Tina Sequeira). Lisboa, 1982
A Voz Fagueira de Oan Timor (organização de Artur Marcos e Jorge Marrão, prefácio de Maria de Santa Cruz). Lisboa, 1993.

 

PRESENÇA EM COLETÂNEAS DE POESIA

 Enterrem Meu Coração no Ramelau (recolha de textos de Amável Fernandes, desenhos de José Zan Andrade e capa de António P. Domingues e Fortunato). Luanda, União dos Escritores Angolanos, 1982.
Primeiro Livro de Poesia — Poemas em língua portuguesa para a infância e adolescência (selecção de Sophia de Mello Breyner Andresen, ilustrações de Júlio Resende). Lisboa, Caminho, 1991.
Floriram Cravos Vermelhos — Antologia poética de expressão portuguesa em África e Ásia (por Xosé Lois García). A Corunha (Galiza), Espiral Maior, 1993.

 

PROSA

 

LIVROS

O Ti Fateixa. Parede, 1951
Comunidade Pluri-Racial. Lisboa, 1962
Filosofia e Política no Destino de Portugal. Lisboa, 1963
A Universidade no Ultramar Português. Lisboa, 1963
O Racismo da Europa e a Paz no Mundo. Lisboa, 1964
Perspectiva de Nação Portuguesa. Lisboa, 1965
A Língua Portuguesa no Futuro da África. Braga, 1966
Comunismo e Conceito de Nação em África. Lisboa, 1969
Recordações de Infâncias (colaboração de Tina Sequeira). Lisboa, 1980
O Ciclo da Água (BD de Luís Rodrigues). Lisboa, 1987
Cantolenda Maubere/Hananuknanoik Maubere / The Legends of the Mauberes (traduções: para tétum, de Luís da Costa; para inglês, do Departamento de Projectos da Fundação Austronésia Borja da Costa. Ilustrações: 7 pinturas e 2 desenhos de António P. Domingues). Lisboa, 1988.


Fonte: Wikipédia

agendaculturaldili às 05:10 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 11.12.17

Livro Rumando de Lés a Leste - Contos e Lendas do Oecusse



Rumando de Lés a Leste
Contos e lendas de Oecusse
Livro-memória das Comemorações dos 500 anos da Chegada dos Portugueses a Timor-Leste
1515-2015

 

Um conjunto de 74 contos e lendas.

 

Apenas uma breve amostra do índice:

 

Introdução
1 A Ponteana - versão anónima
2 Mau-Quinta e o toqué - versão de Fabião Oliveira
3 O pássaro e o catuas - versão de Belinha Pires Piedade da Cunha Mambares
4 Bete-Dou e Mane-Loro - versão de Alberto Sani e Aleixo Coa
5 A menina e o cacatua - versão de Filomena da Costa

...

 

Este é o segundo livro de Anabela Leal Barros de recolha de contos e lendas de Timor-Leste.

 

Visite-nos e leia o livro.

agendaculturaldili às 09:09 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 27.09.17

Ruy Cinatti - Um pacto com Timor

Sessão de literatura - Ruy Cinatti, um português que, inspirando-se em Timor, se tornou escritor e poeta.

 

Apresentação sobre a vida de Ruy Cinatti em Timor-Leste e as suas obras literárias sobre o país que o marcou de forma tão intensa.

 

 

Assista. Entrada livre!

 

agendaculturaldili às 04:41 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 25.08.17

Fernando Sylvan, centenário do escritor timorense



Literatura timorense em debate - Conversa sobre o escritor Fernando Sylvan, exibição de palestra do autor e ainda Poemas recitados e cantados

Organização Grupo Guerrelheiros da Luz: Abé Barreto, Francisco Araújo, dois oradores especiais: Abílio de Araújo e Ricardo Antunes e outros convidados.

Entrada gratuita.

Domingo, dia 27 de agosto às 15h30. Não perca!


---------------------


Guião:

Abertura - Abé Barreto

Breves palavras - Graça Viegas

Biografia do autor - Francisco Araújo

Declamação do poema "Rota" - Pedro Brinca

Filme - palestra do autor nas "Jornadas de Timor na Universidade do Porto"

Poema musicado "Manifesto Maubere" - Abe Barreto e Zélia

Obra do autor - Tipos de poesia - Ricardo Antunes

Declamação do poema "Meninos e Meninas" - Pedro Brinca

Declamação do poema "73" - Zélia

Intervenção final - Abílio de Araújo


Livros de Fernando Sylvan:

7 poemas de Timor (1965)

Tempo Teimoso (1974)

Meninas e Meninos (1979)

Cantogrito, 7 novos poemas (1981)

Mulher, ou o livro do teu nome (1982)

101 poemas dedicados ao amor



agendaculturaldili às 03:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 21.06.17

Literatura - Xanana Gusmão, enquanto poeta

Realiza-se no dia 24 de junho, sábado, pelas 16h uma sessão dedicada à literatura timorense com debate sobre ostextos do autor e no final serão recitados e musicados alguns poemas e textos do autor.

 

A sessão é organizada pelo Grupo "Klibur Funu-na'in Naroman" ou "Guerrelheiros da Luz" e apoiada pela Fundação Oriente.

 

O grupo é composto por Abé Barreto, Marcelo Nunes, Francisco de Araújo, Frederico Soares e os convidados serão uma surpresa. Uma boa surpresa!

 

Participe no debate!

Conheça os textos do escritor Xanana Gusmão!

 

agendaculturaldili às 08:35 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 23.05.17

Nota Imprensa - Feira do Livro Mais Português em Gleno

 

 

Nota de Imprensa

 

Feira do Livro em Gleno

 

26 e 27 de maio de 2017


 

 

 

A Embaixada de Portugal em Díli e o projeto Mais Português, financiado pela Unidade de Apoio à Sociedade Civil do Gabinete do Primeiro-Ministro, organizam uma Feira do Livro em Gleno, de 26 a 27 de maio, que visa promover a língua portuguesa e a cultura lusófona, possibilitando o acesso a livros em língua portuguesa ao público timorense, em zonas mais remotas do país e a preços muito acessíveis.

 

Esta iniciativa é organizada em conjunto com a Fundação Oriente, o Centro de Aprendizagem e Formação Escolar (CAFE) de Ermera, Projeto Formar Mais e os livreiros Livros & Companhia, Plural Editores, Abut, Livraria Central e Haktuir Ai-Knanoik, e ainda com o apoio da Timor-Telecom e do BNU Timor.

 

A Feira decorrerá nas instalações do CAFE de Ermera em Gleno, das 9h00 às 17h00.

 

Nos dois dias de duração do evento haverá lugar, para além da venda de livros, à realização de um conjunto diversificado de atividades lúdicas e recreativas, sobretudo destinadas a crianças e jovens, nomeadamente Oficinas de Pintura e Desenho, A Hora do Conto, Concurso de Escrita e Leitura, para além de um momento musical com o concerto “ A Música vai à Escola”.


Para obter mais informações sobre a programação da Feira poderá consultar a página do Facebook da Fundação Oriente em Timor-Leste e do Centro Cultural Português ou contactar o CAFE de Ermera.


FIM

 

agendaculturaldili às 08:28 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 20.04.17

Dia do Livro - 22 de abril

A Fundação Oriente e a Plural Editores assinalam o Dia Internacional do Livro no dia 22 de abril, sábado a partir das 14h.

 

Com actividades para crianças de todas as idades e os pais também podem participar, claro!

 

A animação das actividades será organizada pelo grupo Haktuir Ai-knanoik e pela Plural Editores.

 

O lanche será gentilmente cedido pela Indofood.

 

Actividade gratuita e aberta ao público.

 

Esperamos por si.

agendaculturaldili às 04:17 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 29.08.16

Os Timorenses 1973 – 1980 - Joana Ruas



Os Timorenses 1973 – 1980

É um romance sobre um processo histórico único no mundo e uma das mais solitárias guerras de libertação nacional.

Neste período, a FRETILIN travou contra o invasor indonésio uma guerra de independência e uma guerra social numa metade de uma ilha isolada do resto do mundo pelo invasor e sem qualquer espécie de retaguarda para se refugiar ou para se abastecer. Na sua terra invadida, a pátria estava na presença social, física e sentimental dos seus guerrilheiros liderados por Nicolau Lobato. Os homens e mulheres das FALINTIL deixaram de existir no presente para se continuar no futuro. Eram homens e mulheres de coração poderoso cujos olhos pareciam olhar para o fundo do futuro, homens e mulheres que permaneciam livres mesmo na prisão e que mesmo nus morriam de pé.

O testemunho dos sobreviventes desta etapa que vai de 1973 a 1980, repõe a memória concreta dos episódios então vividos pela nação timorense mas nada nos é revelado da vida dos seus heróis e heroínas. Até à restauração da independência a 20 de Maio de 2002, a morte é a paisagem que absorve os elementos humanos e a vida material dos seus guerrilheiros e de toda a nação. O que impressionou vivamente a escritora Joana Ruas foi essa experiência ao mesmo tempo religiosa e laica que através do cimento do seu sonho de liberdade colectiva, da sua fé e da força da linguagem venceu a angústia da morte e a certeza da destruição.

 

Joana Ruas

A autora nasceu na Quinta do Pinheiro em Freches, no distrito da Guarda. Trabalhou como jornalista cultural e tradutora na Radiodifusão Portuguesa e no jornal Nô Pintcha da República da Guiné-Bissau.

Participou na causa da Libertação do Povo de Timor-Leste, tendo feito várias conferências sobre a Língua Portuguesa em Timor-Leste, sua história e cultura. Entre poesia dispersa e ensaios é autora dos romances, Corpo colonial, O claro vento do mar e A pele dos séculos. Participou na IV Feira do Livro de Díli onde apresentou o romance A batalha das lágrimas e o livro de contos Crónicas timorenses respectivamente o 1º e o 2º volume da tetralogia A pedra e a folha sobre cem anos de Resistência Timorense.

 

A Plural editores e a Fundação Oriente organizam o lançamento do livro no dia 22 de setembro às 17h na Delegação da Fundação Oriente em Díli. Seguido de um aperitivo.

 

Apoios

Fundação Oriente

Páteo

agendaculturaldili às 08:33 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 30.06.16

Agenda da Feira do Livro - 7 a 9 de Julho

Nos dias 7, 8 e 9 de Julho das 10h às 18h. | Iha loron 7, 8 no 9 jullu husi tuku 10 to'o tuku 18.

Todas as manhã há actividades para crianças e todas as tardes há conversas sobre livros com autores. | Dadeer hotu iha aktividade ba labarik no lokraik hotu iha ko'alia kona ba livru sira ho autor sira.

 

agendaculturaldili às 07:18 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 29.06.16

Feira do Livro Mais Português - 7 a 9 de Julho

 

Veja a Agenda da Feira AQUI.

Harée Ajenda feira nian iha née.

agendaculturaldili às 09:47 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

ARQUIVO

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO

BOLSAS DE ESTUDO