Segunda-feira, 21.05.18

Ciclo de Cinema Língua Portuguesa - 23 de junho

 

As atividades de comemoração do dia da Língua Portuguesa, iniciativa da Embaixada de Portugal em Díli com o apoio da Fundação Oriente, continuam em junho e julho.

A programação de cinema inclui um calendário de filmes documentários de países onde se fala, ouve e filma em língua portuguesa.

 A riqueza das diferentes culturas numa mesma língua é a tónica deste ciclo de cinema.

 

As produções apresentadas são resultado de dois projetos de incentivo à produção e capacitação audiovisual, nomeadamente da CPLP, o DOC TV II e da UE, o programa PALOP-TL que comemora os 25 anos.

 

Para saber mais sobre cada um ...

CPLP - DOC TV II - Video de apresentação (click aqui)

Programa de Promoção à Produção e Difusão do Documentário da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Inclui ações de capacitação, co-produção e teledifusão de documentários. Cada país participante co-produziu um documentário nacional e as respectivas emissoras públicas de televisão promovem a teledifusão da série de documentários nacionais.

A iniciativa visa apresentar uma visão contemporânea dos países de língua portuguesa no mundo.

Foram selecionados nove projetos inéditos de documentários de 52 minutos.

Timor-Leste tem participado nestes programas por iniciativa do Ministério da Educação e Cultura, Direção da Arte e Cultura.

 

PALOP-TL União Europeia 25 anos

Em 2017 comemoraram-se os 25 Anos da parceria PALOP-TL com a União Europeia, tendo sido criado um concurso de audiovisuais para incentivar a produção de conteúdos, incluindo programas de capacitação com residência artística.  Video do concurso (click aqui)

 

Cartaz para os dias 23, 30 de junho e 7 de julho de 2018 na delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste:

 

 

 

DIA 23 de junho - 15h - Guiné Bissau e Portugal



Paraíso Ameaçado

Domingos Sanca I Guiné Bissau

Documentário, 52 minutos, 2017 I CPLP DOC TV II


Sinopse:

Numa rádio comunitária, decorre um debate sobre a recente descoberta da existência de petróleo no Arquipélago dos Bijagós, um paraíso natural. Através de dois personagens, vamos saber as reações das comunidades locais sobre o assunto.


O Arquipélago dos Bijagós, na Guiné-Bissau, foi considerado pela UNESCO como Reserva da Biosfera, devido à sua impressionante riqueza e diversidade da sua fauna e flora.Mas, com a recente descoberta da existência de petróleo, a catástrofe parece estar iminente. A partir de dois personagens, sintonizados a Rádio Comunitária que promove um debate sobre o assunto, saberemos das expectativas que a exploração do petróleo vai provocar nestas comunidades.


 

PÁ NHA TÉRA I PELA MINHA TERRA 

Rui Manuel Costa  I  GUINÉ BISSAU

Documentário, 14 minutos, 2017 I  PALOP - TL UE

 

Sinopse:

Quintino é director do parque "João Vieira e Poilão", no arquipélago dos Bijagós. A sua missão é manter o equilíbrio entre o homem e o meio natural. Por isso é respeitado e admirado pelos demais chefes tribais; rejeitado, em parte, pelos jovens; e inimigo a abater pelos pescadores, escolados na sociedade de consumo.

 

A CASA

Rui Simões I Portugal

Documentário, 52 minutos, 2017 I CPLP DOC TV II


Sinopse:

Obra aborda o processo de descolonização no século XX.

Nascida no Estado Novo para controlar os estudantes ultramarinos, a Casa dos Estudantes do Império, em Lisboa e com delegações em Coimbra e Porto, foi fundamental nas lutas de independência das colônias portuguesas. Por aquele ponto de encontro passaram futuros líderes dos movimentos de libertação como Agostinho Neto e Amílcar Cabral. O documentário A Casa recupera memórias de testemunhos dos sobreviventes da Casa, ficcionalizando paralelamente excertos de "A Geração da Utopia", de Pepetela.



DIA 30 de junho - 15h - Moçambique e Timor-Leste



Djambo

Chico Carneiro I Moçambique

Documentário, 52 minutos I CPLP DOC TV II

 

Sinopse:

Documentário revela a luta de libertação de Moçambique.

O filme acompanha Carlos Djambo, um antigo fotógrafo-guerrilheiro, em uma viagem de revisitação ao locais onde documentou a luta de libertação e o processo de reconstrução de Moçambique após a Independência. As suas fotografias e os encontros com as pessoas que partilharam sua experiência de luta, são o fio condutor de uma viagem que revela o país em contraste com aquele que foi idealizado. Na estrada, por força de encontros inesperados, é o drama na vida de Djambo que acaba por ser revelado - de tão fatalmente enredado que está no curso histórico do seu país.

 


Vestindo a Religião

Yara Costa I Moçambique

Documentário, 13 minutos, 2017 I  PALOP - TL UE


Sinopse:

 

Na pequena Ilha de Moçambique, a religião sempre fez parte da vida de todos. Mas a recente escolha de Karen, uma jovem muçulmana, causa estranheza na sua comunidade, enquanto ela se descobre no Islão mais radical.



A Criança Roubada

Lurdes Pires I Timor-Leste

Documentário, 52 minutos I CPLP DOC TV II


Sinopse:

A historia não contada de uma das gerações roubadas de Timor-Leste.

Durante a brutal ocupação de Timor-Leste pela Indonésia milhares de crianças foram roubadas, assim como muitos outros recursos naturais do país.

Esta é a historia de 'José' Abdul Rahman. Em 1978 José, que tinha oito anos, estava escondido no Monte Matebian quando um avião lançou uma bomba, matando 22 pessoas da sua familia. Ele salvou-se, fugiu das montanhas e começou a seguir um batalhão indonésio. Os soldados obrigaram José, e muitos outros rapazes, a trabalhar como empregados e em 1979 levaram as crianças de barco para a Indonésia.

Em 2015 uma ONG encontrou a familia de José em Timor-Leste. O filme começa depois de trinta e cinco anos, com José e a sua familia se preparando para viajar para Timor-Leste. Em Kalimantan José e a sua esposa, Sri, são gente de fora. Ele é timorense e ela é de Java. Eles esperam encontrar uma grande familia em Timor Leste, que os vai receber bem e possivelmente um futuro melhor.

O filme mostra a relação entre José e a sua familia timorense. Será que as tensões da guerra com a Indonésia vão afetar a relação deles? Poderão muçulmanos e católicos aceitarem uns aos outros? A reunião será um verdadeiro teste se as duas nações podem se reconciliar e perdoar.

 

DIA 7 de julho - 15h - S. Tomé e Princípe e Timor-Leste

 


Motxi di Obô, a Morte da Floresta

Ramusel Alves da Graça I São Tomé e Princípe

Documentário, 52 minutos I CPLP DOC TV II

 

Sinopse:

Filme aborda a exploração inadequada da floresta equatorial santomense.

A floresta de São Tomé e Príncipe foi classificada por cientistas, em 1988, como a segunda mais importante entre 75 florestas de África, para a conservação de aves. 
O documentário tem como propósito despertar a consciência dos santomenses para as consequências que poderão advir da exploração sistemática da floresta. De igual modo que retrata o interesse da floresta equatorial santomense para o mundo, uma vez que ela conserva centenas de plantas com poderes terapêuticos.

Produzido dentro do parque natural Obo São Tomé, vários personagens são os condutores desse documentário, nomeadamente, curandeiros (médicos tradicionais) que coletam cascas e folhas para produção de medicamentos, madeireiros que promovem o abate de árvores para construções, ou artesãos para produção canoas para pesca artesanal, e também os produtores rurais que promovem a abertura de campos para agricultura.

 

MINA KIÁ -

Kátya Aragão I S. Tomé e Princípe

Documentário, 14 minutos - PALOP - TL UE


Sinopse:

Tónia é, uma menina extrovertida, sensível e alegre que sonha ser jornalista. A sua vida muda quando a mãe a envia para casa dos tios, na cidade, onde passa a sofrer abusos e maus-tratos. Com tantos obstáculos será que Tónia vai alcançar o seu grande objectivo?




TARA BANDU

Victor de Sousa I Timor-Leste

Documentário, 52 minutos - PALOP - TL UE


Sinopse:

 

O retrato de uma prática tradicional actual, das comunidades timorenses, para mediação de conflitos entre as normas religiosas, tradicionais, e a legislação democrática moderna.

 


agendaculturaldili às 06:14 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15.05.18

Ciclo de Cinema Língua Portuguesa - 12 de maio

As atividades de comemoração do dia da Língua Portuguesa, iniciativa da Embaixada de Portugal em Díli com o apoio da Fundação Oriente, continuam.

Na programação que a seguir se apresenta, propõe-se um calendário de filmes documentários de países onde se fala, ouve e se filma em língua portuguesa.

 A riqueza das diferentes culturas numa mesma língua é a tónica deste ciclo de cinema.

 

Apresentam-se os filmes agrupados por país de origem, sendo as produções da CPLP - DOC TV II e PALOP-TL da União Europeia, dois programas de incentivo à produção e capacitação audiovisual.

 

CPLP - DOC TV II - Video de apresentação (click aqui)

Programa de Promoção à Produção e Difusão do Documentário da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Inclui ações de capacitação, co-produção e teledifusão de documentários. Cada país participante co-produziu um documentário nacional e as respectivas emissoras públicas de televisão promovem a teledifusão da série de documentários nacionais.

A iniciativa visa apresentar uma visão contemporânea dos países de língua portuguesa no mundo.

Foram selecionados nove projetos inéditos de documentários de 52 minutos.

Timor-Leste tem participado nestes programas por iniciativa do Ministério da Educação e Cultura, Direção da Arte e Cultura.

 

PALOP-TL União Europeia 25 anos

Em 2017 comemoraram-se os 25 Anos da parceria PALOP-TL com a União Europeia, tendo sido criado um concurso de audiovisuais para incentivar a produção de conteúdos, incluindo programas de capacitação com residência artística.  Video do concurso (click aqui)

 

Cartaz para os dias 12 e 19 de maio de 2018 na delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste:

 

 

Cartaz para os dias 23, 30 de junho e 7 de julho de 2018 na delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste:

 

DIA 12 de maio - 15h - Angola e Brasil



Do Outro Lado do Mundo

Rui Sérgio Afonso, Angola

Documentário, 52 minutos, 2017


O documentário retrata duas histórias de amor, protagonizadas por duas mulheres de culturas diferentes. As duas mulheres partilham a coragem e a ousadia de mudar o seu destino e quebrar barreiras culturais em prol da felicidade. O primeiro passo foi dado. O futuro é desconhecido.

Mais informação em LINK

 

PERCURSOS

Mauro Pereira, ANGOLA

Documentário, 20 minutos, 2017

 

Um cidadão de Cabo Verde, residente em Angola. O filme explora o seu percurso desde o país de origem – onde regressa, finalmente, de férias – e procura entender a sua motivação para continuar emigrado em Angola.

 

Por Parte de Pai

Guiomar Ramos, Brasil

Documentário, 52 minutos, 2016


Neste documentário, Guiomar Ramos revê a trajetória do seu pai, tentando entender o significado de morrer de emoção.



agendaculturaldili às 01:58 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 03.09.15

FESTin - Festival de Cinema em Língua Portuguesa - Outubro em Timor-Leste - Concurso

O FESTin, Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, realiza-se em Díli, Timor-Leste, de 15 a 18 de Outubro, pela primeira vez em 2015.

 

Um evento trazido a Timor pela Embaixada de Portugal em Timor-Leste e pela Fundação Oriente. O festival vai decorrer no auditório da Fundação Oriente, em Díli- Timor-Leste.

 

O FESTin é o único festival de cinema português inteiramente dedicado à lusofonia e cuja programação é composta por produções oriundas dos nove países que compõem a Comunidade dos Países Lusófonos (CPLP) – Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

 

O festival inclui um concurso de curtas-metragens e documentários para cidadãos timorenses. A obra vencedora do concurso será exibida na 7ª edição do FESTin 2016 em Lisboa, Portugal.

 

O prazo final para a receção dos filmes é 30 de Setembro. As obras têm como requisito fundamental, de ser faladas em língua portuguesa e duração máxima de 30 minutos. O filme vencedor será escolhido por votação de júri popular durante a Mostra FESTin/Timor-Leste. Veja o regulamento (click aqui).

 

Para mais informações sobre o concurso (click aqui).

 

 

Brevemente divulgaremos o cartaz de cinema do FESTin!

 

agendaculturaldili às 10:17 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 16.07.15

Ciclo de Cinema CPLP - Cartaz completo Julho e Agosto

O Ciclo de Cinema CPLP está aí!

 

Todos os sábados de Julho e Agosto, pelas 15h, as propostas cinematográficas exibidas na Fundação Oriente serão de países da CPLP. Integrado no II Fórum da Sociedade Civil da CPLP cuja presidência rotativa é agora de Timor-Leste, o Ciclo de Cinema CPLP é da responsabilidade da Delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste, da Embaixada de Portugal em Timor-Leste, da Embaixada do Brasil em Timor-Leste e ainda da Plural Editores, que organizará a exibição de diversos filmes CPLP em conjunto com a Feira do Livro a decorrer entre 13 e 17 de Julho na UNTL.

 

Já foram exibidos "Os gatos não têm vertigens" (PT), "2 Filhos de Francisco" (BR), “Terra Sonâmbula” (MOÇ), "Wawata Topu" (TL), "Bitú" (CV), "Origem da Língua Portuguesa" (BR), "Bissau d' Isabel" (GB), "Os vários Brasis" (PT), "Mionga Ki Ôbo" (STP) e "Uma Lulik" (TL).

 

No dia 22 de agosto, às 15h será exibido o filme "Auto da Compadecida", um clássico cinematográfico brasileiro, e no último sábado de agosto, dia 29 será exibido "O último Kilapy" uma obra de ficção sobre um angolano que gosta de viver a vida sem preocupações.

 

Consulte o cartaz a seguir!

 

 

 E  consulte o detalhe dos filmes encontra-se AQUI

 

Bom Cinema CPLP.

agendaculturaldili às 09:48 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 15.07.15

Ciclo de Cinema CPLP - Cartaz completo

O Ciclo de Cinema CPLP está aí!

 

Todos os sábados de Julho e Agosto, pelas 15h, as propostas cinematográficas exibidas na Fundação Oriente serão de países da CPLP.

 

Integrado no II Fórum da Sociedade Civil da CPLP cuja presidência rotativa é agora de Timor-Leste, o Ciclo de Cinema CPLP é da responsabilidade da Delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste, da Embaixada de Portugal em Timor-Leste, da Embaixada do Brasil em Timor-Leste e ainda da Plural Editores, que organizará a exibição de diversos filmes CPLP em conjunto com a Feira do Livro a decorrer entre 13 e 17 de Julho na UNTL.

 

Já exibimos "Os gatos não têm vertigens" e "2 Filhos de Francisco". A produção portuguesa e moçambicana “Terra Sonâmbula”, realizada por Teresa Prata é uma adpatação para cinema da obra com o mesmo título do escritor angolano Mia Couto, será exibida no dia 18 de julho, às 15h.

 

E o cinema CPLP continuará por todo o mês de Julho e Agosto para os apreciadores de cinema. Consulte o cartaz a seguir!

 

 

Detalhe dos Filmes - LINK

agendaculturaldili às 10:37 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 08.07.15

Lista de Filmes do Ciclo de Cinema CPLP

Filme de dia 04/07

Título: Os gatos não têm vertigens

País de Origem: Portugal

Realizado por: António Pedro-Vasconcelos

Estreia: 2014

Duração: 119 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=u_gKEOeFzuk

 

Sinopse

Jó é expulso de casa pelo pai no dia em que faz anos. Sem ter sítio para onde ir, refugia-se no terraço do prédio de Rosa, que acabou de perder o marido. Ele tem 18 anos e ela 73. Quem diria que ia ser amor à primeira vista?

 

 

Filme de dia 11/07

Título: 2 Filhos de Francisco

País de Origem: Brasil

Realizado por: Breno Silveira

Estreia: 2005

Duração: 129 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=M1vzU3kCcaU

 

Sinopse: Francisco, lavrador do interior de Goiás, tem um sonho aparentemente impossível: transformar dois de seus nove filhos numa famosa dupla sertaneja. Vivem numa casinha de adobe, no meio do nada e a horas de distânica da aldeia mais próxima, ele não mede esforços neste caminho. 2 Filhos de Francisco é um filme brasileiro lançado em 2005, drama, dirigido por Breno Silveira e baseado na vida dos músicos Zezé Di Camargo & Luciano.

 

 

Filme de dia 18/07

Título: Terra Sonâmbula

País de Origem: Moçambique

Realizado por: Teresa Prata

Estreia: 2007

Duração: 95 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=zro5Hwpw0yQ

 

Sinopse: Primeiro longa-metragem da diretora Teresa Prata, o filme é baseado no premiado livro homônimo do escritor moçambicano Mia Couto. Conta a história de um menino sonhador, cujo maior desejo é encontrar a família, de quem se perdeu no meio da guerra civil em seu país, Moçambique.

 

 

Filmes de dia 25/07

(1) Título: Wawata Topu

País de Origem: Timor-Leste

Realizado por: David Palazón e Enrique Alonso

Estreia: 2013

Duração: 36 minutos

Trailer: https://www.facebook.com/wawatatopu

 

Sinopse: Wawata Topu é um filme documentário sobre mulheres de Timor-Leste que fazem pesca submarina de forma artesanal para poderem sobreviver. Além de nos mostrar a atividade piscatória destas mulheres, num mágico bailado subaquático, o filme dá-nos a ver as sua difíceis condições de vida em terra, assim como o papel que elas desempenham na comunidade a que pertencem. Estas mulheres, pescadoras por necessidade, vivem na aldeia de Adara, que fica na costa ocidental da ilha de Ataúro, em Timor-Leste.

 

 

(2) Título: Bitú

País de Origem: Cabo Verde

Realizado por: Leão Lopes

Estreia: 2006

Duração: 50 minutos

Trailer: 

 

Sinopse: Bitú é pintor de profissão. Tanto pinta paredes como “quadros de arte” sobre muros de bares, dancings, fachadas de edifícios ou painéis de publicidade. Mas é no Carnaval do Mindelo que Bitú mais dá largas à sua imaginação e criatividade.

Através de Bitú este filme lança um olhar sobre a produção artística e contemporânea na cidade do Mindelo, em Cabo Verde.

Bitú é um documentário que transporta o espectador para o universo da cultura popular dos artistas são vicentinos.

 

 

Filmes de dia 01/08

(1) Título: A origem da Língua Portuguesa

País de Origem: Brasil

Duração: 28 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=EtBief6RK_I

 

Sinopse: Breve documentário realizado no Brasil sobre a origem da Língua Portuguesa.

 

(2) Título Original: BISSAU D´ISABEL

País de Origem: Guiné Bissau

Realizado por: Sana Na N’Hada

Estreia: 2005

Duração: 50 minutos

 

Sinopse: Bissau é a cidade capital da Guiné onde se aglutina e funde o mosaico étnico-cultural do país. Cerca de 21 etnias com culturas e línguas por vezes totalmente distintas. Isabel é o pretexto para descobrir esta cidade em ebulição onde germinam os fundamentos da identidade cultural Guineense.

 

 

Filmes de dia 08/08

(1) Título: Os vários brasis

País de Origem: Brasil

Sinopse: Documentário sobre a diversidade do Brasil.

 

(2) Título: Mionga Ki Ôbo - Mar e selva

País de Origem: São Tomé e Princípe

Realizado: Ângelo Torres

Estreia: 2005

Duração: 52 min

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=GhdgXfO6cVU

 

Sinopse: Os “angolares” são os mais antigos habitantes da ilha de São Tomé, onde, segundo a lenda, chegaram depois de um naufrágio. Outrora senhores da ilha, despojados à força no fim do séc. XIX, estão agora reduzidos a uma pequena comunidade piscatória. Entre os mitos e os mistérios desta ilha de beleza luxuriante, este filme revela-nos a história e os costumes destas gentes para quem a pesca e o mar são um símbolo de afirmação.

 

Filme de dia 15/08

Título: Uma Lulik

País de Origem: Timor-Leste

Realizado: Victor de Sousa Pereira (primeiro filme)

Estreia: 2010

Duração: 52 minutos

Trailer: http://davidpalazon.com/uma-lulik/

 

Sinopse: Na tradição timorense, a Uma Lulik (Casa Sagrada) é o centro, o cordão umbilical entre passado e presente. Para os vivos uma reserva segura de memória e sabedoria antiga. Para os mortos o local onde o tempo não passa, onde a história se renova. Esta é a estória da construção de uma casa sagrada, vivida e contada por um timorense. Esta é uma história da grande familia timorense.

 Em "Uma Lulik" o realizador Victor de Sousa transporta-nos ao universo dos antepassados, presenças inquestionáveis, sentidas, palpáveis em cada objecto nascido da terra e da memória colectiva.

 A reconstrução da identidade nacional, após a destruição de grande parte das Casas Sagradas ao longo de 24 anos de ocupação Indonésia, passa pelas aldeias, pelas montanhas onde o sagrado, pouco a pouco, volta ao seu lugar, à sua casa.

 

 

Filme de dia 22/08

Título: O Auto da Compadecida

País de Origem: Brasil

Realizado: Guel Arraes

Estreia: 2000

Duração: 104 mimutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=XPuMu_ENzlg

 

Sinopse: As aventuras de João Grilo (Matheus Nachtergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos da pequena cidade em que vivem.

 

 

Filme de dia 29/08

Título: O GRANDE KILAPY

País de Origem: Angola

Realizado: Zezé Gamboa

Estreia: 2014

Duração: 100 minutos

Produção: Angola, Brasil e Portugal

https://www.facebook.com/kilapy

Trailer – https://www.facebook.com/kilapy/videos/vb.179398928852117/255524791239530/?type=2&theater


João Fraga, mais conhecido por Joãozinho das garotas, é um jovem angolano que nos últimos anos do colonialismo burlou o Estado português em muitos milhares de contos. Preso na véspera da revolução de Abril de 1974, Joãozinho acaba por ser libertado como um dos heróis da independência de Angola. "O Grande Kilapy" é a sua história. O filme é despoletado por uma memória de infância, de Zézé Gamboa, vivida pelas ruas de Luanda.

 

agendaculturaldili às 11:21 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 30.06.15

Ciclo de Cinema CPLP

Timor-Leste: Ciclo de cinema CPLP em Díli

 O Ciclo de Cinema dedicado à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) abre a 4 de julho de 2015, pelas 15h00, no Auditório da Delegação da Fundação Oriente em Díli, com a exibição do filme “Os Gatos Não Têm Vertigens”, uma produção  de Tino Navarro, realizada por António Pedro-Vasconcelos.

Integrado na realização do II Fórum da Sociedade Civil da CPLP cuja presidência está sob gestão de Timor-Leste desde 2014.

O ciclo continua no sábado seguinte, 11 de julho, às 15h00 com outra produção cinematográfica da CPLP.

O calendário completo será disponibilizado brevemente.

A seleção e organização do Ciclo de Cinema CPLP é da responsabilidade da Delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste, da Embaixada de Portugal e do Brasil em Timor-Leste e ainda da Plural Editores.

 Cartaz para a 1ª sessão do CICLO de CINEMA CPLP.

cartaz CPLP 4jul15.jpg

Filme muito recente, de 2014, mostra uma relação improvável entre um jovem de uma família disfuncional e uma viúva recente que não quer acreditar que o marido morreu.

Atenção: Vocabulário capaz de ferir susceptibilidades!

 

ideiasnegocio às 08:56 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

ARQUIVO

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO

BOLSAS DE ESTUDO