Sexta-feira, 18.05.18

Lançamento do Livro "Fernando Sylvan, uma monografia"




Livro de José Bárbara Branco sobre o autor timorense Fernando Sylvan é lançado em Díli no dia 9 de junho.

O livro "Fernando Sylvan, Uma Biografia" assume um retrato do escritor timorense que viveu a maior parte da sua vida em Portugal.

 

Este livro diz respeito a um extraordinário autor das Letras Portuguesas do século XX e, seguramente até agora, um dos mais notáveis escritores nascidos no então Timor Português, hoje Timor-Leste.

 

Nascido em Díli, Timor-Leste, a 26 de agosto de 1917, faleceu em Cascais, Portugal a 25 de dezembro de 1993, foi poeta, prosador e ensaísta.

 

Abílio Mota Ferreira, ou sob o pseudónimo Fernando Sylvan, é hoje inexplicavelmente pouco conhecido, pois a sua obra é vasta, eclética e muito interventiva, resultante de incansável actividade como jornalista, escritor, conferencista, ensaísta, poeta, professor e filósofo da singularidade da presença de Portugal no mundo. Foi presidente da Sociedade de Língua Portuguesa, em Lisboa, durante cerca de vinte anos.

 

Autodidacta assumido, cultivou a escrita com mestria e fez incursões em quase todos os domínios humanísticos. Foi um defensor convicto da portugalidade e da língua portuguesa, que viria a assumir uma intransigente reivindicação dos direitos dos timorenses e da independência de Timor.

 

O seu percurso, tanto no campo literário como na área profissional e pessoal, faz de Sylvan uma figura singular - que José Bárbara Branco nos dá a conhecer num laborioso trabalho de pesquisa e análise em arquivos, nos recônditos de bibliotecas e fontes orais. A sua apresentação fundamentada, mas muito dinâmica e objectiva, proporcionam não só a descoberta da biografia e obra de uma personalidade marcante, mas ainda uma viagem pela cultura portuguesa, de aquém e além-mar, no entrelaçado da diáspora da portugalidade com a visão transformada de um homem independente, que sentia e clamava que tinha duas pátrias: Timor e Portugal.

 

Este livro, publicado nos cem anos do nascimento de Fernando Sylvan é, para além de homenagem, um contributo para um novo impulso ao estudo da sua obra, não apenas pelos aficionados dos assuntos relativos a Timor, ou académicos. É também uma mais-valia para a consciência da valorização do português no mundo e como língua oficial em Timor-Leste – e ainda o conhecimento da enorme importância cultural de Fernando Sylvan pelos próprios timorenses.


Fernando Sylvan recebeu postumamente a condecoração Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.


Obras publicadas:

POESIA

 

Vendaval. Porto, 1942
Oração. Porto, 1942Os Poemas de Fernando Sylvan (capa de Neves e Sousa). Porto, 1945
7 Poemas de Timor (com vinheta de Azinhal Abelho e um desenho de João-Paulo na 1ª edição). Lisboa, 1965. 2ª edição, pirata. Lisboa, 1975.
Mensagem do Terceiro Mundo (poema e traduções de Barry Lane Bianchi, Serge Farkas, Inácia Fiorillo e Marie-Louise Forsberg-Barrett para inglês, francês, italiano e sueco). Lisboa, 1972.
Tempo Teimoso (capa da 1ª edição de Cipriano Dourado). Lisboa, 1974. 2ª edição, Lisboa, 1978
Meninas e Meninos, Lisboa, 1979
Cantogrito Maubere – 7 Novos Poemas de Timor-Leste (carta-prefácio de Maria Lamas, nota de Tina Sequeira, capa de Luís Rodrigues). Lisboa, 1981.
Mulher ou o Livro do teu Nome (com 21 desenhos de Luís Rodrigues, prefácio de Tina Sequeira). Lisboa, 1982
A Voz Fagueira de Oan Timor (organização de Artur Marcos e Jorge Marrão, prefácio de Maria de Santa Cruz). Lisboa, 1993.

 

PRESENÇA EM COLETÂNEAS DE POESIA

 Enterrem Meu Coração no Ramelau (recolha de textos de Amável Fernandes, desenhos de José Zan Andrade e capa de António P. Domingues e Fortunato). Luanda, União dos Escritores Angolanos, 1982.
Primeiro Livro de Poesia — Poemas em língua portuguesa para a infância e adolescência (selecção de Sophia de Mello Breyner Andresen, ilustrações de Júlio Resende). Lisboa, Caminho, 1991.
Floriram Cravos Vermelhos — Antologia poética de expressão portuguesa em África e Ásia (por Xosé Lois García). A Corunha (Galiza), Espiral Maior, 1993.

 

PROSA

LIVROS

O Ti Fateixa. Parede, 1951
Comunidade Pluri-Racial. Lisboa, 1962
Filosofia e Política no Destino de Portugal. Lisboa, 1963
A Universidade no Ultramar Português. Lisboa, 1963
O Racismo da Europa e a Paz no Mundo. Lisboa, 1964
Perspectiva de Nação Portuguesa. Lisboa, 1965
A Língua Portuguesa no Futuro da África. Braga, 1966
Comunismo e Conceito de Nação em África. Lisboa, 1969
Recordações de Infâncias (colaboração de Tina Sequeira). Lisboa, 1980
O Ciclo da Água (BD de Luís Rodrigues). Lisboa, 1987
Cantolenda Maubere/Hananuknanoik Maubere / The Legends of the Mauberes (traduções: para tétum, de Luís da Costa; para inglês, do Departamento de Projectos da Fundação Austronésia Borja da Costa. Ilustrações: 7 pinturas e 2 desenhos de António P. Domingues). Lisboa, 1988.


Fonte: Blog http://lusofonia.x10.mx

agendaculturaldili às 05:10 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 26.02.18

Cine Timor - José e Pilar - 3 março 16h

 



José e Pilar

Realização: Miguel Gonçalves Mendes

Género: Documentário

Duração: 2h e 5m

Portugal - Espanha – Brasil, 2010

Recomendado a maiores de 6 anos

 

Sinopse: Mostra do dia-a-dia do casal em Lanzarote e Lisboa, na sua casa e em viagens de trabalho por todo o mundo, José e Pilar é um retrato surpreendente de um autor durante o seu processo de criação e da relação de um casal empenhado em mudar o mundo – ou, pelo menos, em torná-lo melhor.

José e Pilar revela um Saramago desconhecido, desfaz ideias feitas e prova que génio e simplicidade são compatíveis. José e Pilar é um olhar sobre a vida de um dos grandes criadores do século XX e a demonstração de que, como diz Saramago, “tudo pode ser contado de outra maneira”.

 

Trailer - http://www.adorocinema.com/filmes/filme-189676/trailer-19539106/

 

Recomendado pelo Plano Nacional de Cinema do Ministério da Educação de Portugal.

agendaculturaldili às 01:07 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 09.02.16

Concerto música FADISTÂNCIAS sábado 13 de Fevereiro 18h

Concerto música FADISTÂNCIAS

 

O Fado ... estilo de música portuguesa inconfundível, apreciado em todo o mundo, cantado, interpretado e até mesmo dançado.

 

 

A delegação da Fundação Oriente funciona desde 2002 em Timor-Leste, instalada numa casa onde antigamente o fado era a MÚSICA de todos os dias, por isso e não só, a 13 de Fevereiro volta a celebrar-se o Fado.

 

FADISTÂNCIAS é uma proposta de espectáculo de fado ligeiro cantado a duas vozes, Gilda Rocha e João Rocha, e interpretado por João Rocha na guitarra e Etson Caminha no "carrô", onde se celebra o fado e se diminuem as distâncias.

 

É na Fundação Oriente, sábado 13 de Fevereiro às 18h! Não perca. Entrada grátis!


Fado... estilu musika portugeza nebe laiha ida maka hanesan, mundu tomak apresia, hananu, interpreta no mos bele dansa.


Delegasaun Fundação Oriente hahú halao knar tinan 2002 iha Timor-Leste, iha uma ida nebe houri uluk liu fado maka sai nudar muzika loro-loron nian, tamba nee duni, iha loron 13 Fevereiru sei hahu fali selebra Fado.


FADISTANCIAS proposta espetakulu fado lijeiru nebe hananu husi lian rua, Gilda Rocha no João Rocha, interpreta husi João Rocha iha guitarra no Etson iha “carrô”,  iha nebe selebra Fado, hodi hakbesik liu tan.


Iha Fundação Oriente, sabadu, loron 13 Fevereiru, tuku 6 lokraik! Keta lakon. Tama gratis.


agendaculturaldili às 04:59 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15.09.15

Histórias Infantis em Língua Portuguesa - Vento Norte

Sábado dia 12/09 às 10h Ana Rosa acompanhada por Gilberto Gasparetto, organiza uma sessão para crianças que incluiu uma curta-metragem original brasileira "Saci", uma lenda brasileira e uma história infantil com o título "Vento Norte".

 

Mais de 40 crianças participaram, uma turma da Escola de Referência (CAFE) de Dili, crianças do MAC, Balide e muitas outras.

 

Veja algumas fotos aqui:

agendaculturaldili às 09:38 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 08.07.15

Lista de Filmes do Ciclo de Cinema CPLP

Filme de dia 04/07

Título: Os gatos não têm vertigens

País de Origem: Portugal

Realizado por: António Pedro-Vasconcelos

Estreia: 2014

Duração: 119 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=u_gKEOeFzuk

 

Sinopse

Jó é expulso de casa pelo pai no dia em que faz anos. Sem ter sítio para onde ir, refugia-se no terraço do prédio de Rosa, que acabou de perder o marido. Ele tem 18 anos e ela 73. Quem diria que ia ser amor à primeira vista?

 

 

Filme de dia 11/07

Título: 2 Filhos de Francisco

País de Origem: Brasil

Realizado por: Breno Silveira

Estreia: 2005

Duração: 129 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=M1vzU3kCcaU

 

Sinopse: Francisco, lavrador do interior de Goiás, tem um sonho aparentemente impossível: transformar dois de seus nove filhos numa famosa dupla sertaneja. Vivem numa casinha de adobe, no meio do nada e a horas de distânica da aldeia mais próxima, ele não mede esforços neste caminho. 2 Filhos de Francisco é um filme brasileiro lançado em 2005, drama, dirigido por Breno Silveira e baseado na vida dos músicos Zezé Di Camargo & Luciano.

 

 

Filme de dia 18/07

Título: Terra Sonâmbula

País de Origem: Moçambique

Realizado por: Teresa Prata

Estreia: 2007

Duração: 95 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=zro5Hwpw0yQ

 

Sinopse: Primeiro longa-metragem da diretora Teresa Prata, o filme é baseado no premiado livro homônimo do escritor moçambicano Mia Couto. Conta a história de um menino sonhador, cujo maior desejo é encontrar a família, de quem se perdeu no meio da guerra civil em seu país, Moçambique.

 

 

Filmes de dia 25/07

(1) Título: Wawata Topu

País de Origem: Timor-Leste

Realizado por: David Palazón e Enrique Alonso

Estreia: 2013

Duração: 36 minutos

Trailer: https://www.facebook.com/wawatatopu

 

Sinopse: Wawata Topu é um filme documentário sobre mulheres de Timor-Leste que fazem pesca submarina de forma artesanal para poderem sobreviver. Além de nos mostrar a atividade piscatória destas mulheres, num mágico bailado subaquático, o filme dá-nos a ver as sua difíceis condições de vida em terra, assim como o papel que elas desempenham na comunidade a que pertencem. Estas mulheres, pescadoras por necessidade, vivem na aldeia de Adara, que fica na costa ocidental da ilha de Ataúro, em Timor-Leste.

 

 

(2) Título: Bitú

País de Origem: Cabo Verde

Realizado por: Leão Lopes

Estreia: 2006

Duração: 50 minutos

Trailer: 

 

Sinopse: Bitú é pintor de profissão. Tanto pinta paredes como “quadros de arte” sobre muros de bares, dancings, fachadas de edifícios ou painéis de publicidade. Mas é no Carnaval do Mindelo que Bitú mais dá largas à sua imaginação e criatividade.

Através de Bitú este filme lança um olhar sobre a produção artística e contemporânea na cidade do Mindelo, em Cabo Verde.

Bitú é um documentário que transporta o espectador para o universo da cultura popular dos artistas são vicentinos.

 

 

Filmes de dia 01/08

(1) Título: A origem da Língua Portuguesa

País de Origem: Brasil

Duração: 28 minutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=EtBief6RK_I

 

Sinopse: Breve documentário realizado no Brasil sobre a origem da Língua Portuguesa.

 

(2) Título Original: BISSAU D´ISABEL

País de Origem: Guiné Bissau

Realizado por: Sana Na N’Hada

Estreia: 2005

Duração: 50 minutos

 

Sinopse: Bissau é a cidade capital da Guiné onde se aglutina e funde o mosaico étnico-cultural do país. Cerca de 21 etnias com culturas e línguas por vezes totalmente distintas. Isabel é o pretexto para descobrir esta cidade em ebulição onde germinam os fundamentos da identidade cultural Guineense.

 

 

Filmes de dia 08/08

(1) Título: Os vários brasis

País de Origem: Brasil

Sinopse: Documentário sobre a diversidade do Brasil.

 

(2) Título: Mionga Ki Ôbo - Mar e selva

País de Origem: São Tomé e Princípe

Realizado: Ângelo Torres

Estreia: 2005

Duração: 52 min

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=GhdgXfO6cVU

 

Sinopse: Os “angolares” são os mais antigos habitantes da ilha de São Tomé, onde, segundo a lenda, chegaram depois de um naufrágio. Outrora senhores da ilha, despojados à força no fim do séc. XIX, estão agora reduzidos a uma pequena comunidade piscatória. Entre os mitos e os mistérios desta ilha de beleza luxuriante, este filme revela-nos a história e os costumes destas gentes para quem a pesca e o mar são um símbolo de afirmação.

 

Filme de dia 15/08

Título: Uma Lulik

País de Origem: Timor-Leste

Realizado: Victor de Sousa Pereira (primeiro filme)

Estreia: 2010

Duração: 52 minutos

Trailer: http://davidpalazon.com/uma-lulik/

 

Sinopse: Na tradição timorense, a Uma Lulik (Casa Sagrada) é o centro, o cordão umbilical entre passado e presente. Para os vivos uma reserva segura de memória e sabedoria antiga. Para os mortos o local onde o tempo não passa, onde a história se renova. Esta é a estória da construção de uma casa sagrada, vivida e contada por um timorense. Esta é uma história da grande familia timorense.

 Em "Uma Lulik" o realizador Victor de Sousa transporta-nos ao universo dos antepassados, presenças inquestionáveis, sentidas, palpáveis em cada objecto nascido da terra e da memória colectiva.

 A reconstrução da identidade nacional, após a destruição de grande parte das Casas Sagradas ao longo de 24 anos de ocupação Indonésia, passa pelas aldeias, pelas montanhas onde o sagrado, pouco a pouco, volta ao seu lugar, à sua casa.

 

 

Filme de dia 22/08

Título: O Auto da Compadecida

País de Origem: Brasil

Realizado: Guel Arraes

Estreia: 2000

Duração: 104 mimutos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=XPuMu_ENzlg

 

Sinopse: As aventuras de João Grilo (Matheus Nachtergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos da pequena cidade em que vivem.

 

 

Filme de dia 29/08

Título: O GRANDE KILAPY

País de Origem: Angola

Realizado: Zezé Gamboa

Estreia: 2014

Duração: 100 minutos

Produção: Angola, Brasil e Portugal

https://www.facebook.com/kilapy

Trailer – https://www.facebook.com/kilapy/videos/vb.179398928852117/255524791239530/?type=2&theater


João Fraga, mais conhecido por Joãozinho das garotas, é um jovem angolano que nos últimos anos do colonialismo burlou o Estado português em muitos milhares de contos. Preso na véspera da revolução de Abril de 1974, Joãozinho acaba por ser libertado como um dos heróis da independência de Angola. "O Grande Kilapy" é a sua história. O filme é despoletado por uma memória de infância, de Zézé Gamboa, vivida pelas ruas de Luanda.

 

agendaculturaldili às 11:21 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 11.05.15

Com (R) se escreve Liberdade 16 de maio 17h

A Fundação Oriente juntou um grupo de amigos da cultura, da leitura, da música lusófona e apresentam um espectáculo que destaca textos e canções de épocas de revolta, revolução e resistência na procura da liberdade dos povos.


Com (R) se escreve Liberdade será apresentado ao público no sábado, dia 16 de Maio às 17h e tem a duração prevista de 1 hora, no auditório da Fundação Oriente em Díli, Timor-Leste.


Num só espectáculo surgem Sophia de Mello Breyner Andresen, Vinicius de Moraes, Abilio Araujo, José Saramago, Zeca Afonso, Castro Alves, João Bosco, entre outros. Música denominada de intervenção e de época e música moderna.


Convidamos a assistir e a divulgar junto dos amigos interessados.ideia logo BR novo2.jpg


Notícias a anunciar:


http://www.sapo.pt/noticias/amigos-lusofonos-debatem-liberdade-com-textos_555459d88a1f390e452c87d0


http://www.revistalusofonia.pt/cultura/artigo.php?id=com_r_se_escreve_liberdade


http://portocanal.sapo.pt/noticia/59019/

ideiasnegocio às 03:31 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 25.02.15

(Con)textos do Amor 28 de Fevereiro

(Con)textos do Amor - 28 de Fevereiro, sábado pelas 15h

Evento animado com o objectivo de divulgar escritores e autores lusófonos, com a duração estimada de 1 hora.

Como não podia deixar de ser, Fevereiro é o mês do amor. E que tema!

Amor é o tema mais utilizado em canções e poemas. Apresentaremos o amor sincero, puro, perdido, leviano, revoltado, brincalhão, feinho e afoito. Assista e divirta-se!

Evento para todas as idades. Entrada grátis
 

Divulgação do evento no sapo.tl:
http://haksolok.sapo.tl/pt/agenda/contextos-do-amor-na-fundacao-oriente
ideiasnegocio às 03:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

(Con)textos do Amor 28 de Fevereiro

(Con)textos do Amor - 28 de Fevereiro, sábado pelas 15h

Evento animado com o objectivo de divulgar escritores e autores lusófonos, com a duração estimada de 1 hora.

Como não podia deixar de ser, Fevereiro é o mês do amor. E que tema!

Amor é o tema mais utilizado em canções e poemas. Apresentaremos o amor sincero, puro, perdido, leviano, revoltado, brincalhão, feinho e afoito. Assista e divirta-se!

Evento para todas as idades. Entrada grátis
 

Divulgação do evento no sapo.tl:
http://haksolok.sapo.tl/pt/agenda/contextos-do-amor-na-fundacao-oriente
agendaculturaldili às 03:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

ARQUIVO

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO

BOLSAS DE ESTUDO