Terça-feira, 13.02.18

Anúncio Prémio de Língua Portuguesa 2018

A Fundação Oriente anuncia a 5ª edição do Prémio de Língua Portuguesa, um concurso de escrita para jovens estudantes timorenses dos 18 aos 24 anos

 

O Prémio de Língua Portuguesa tem como objectivo incentivar os jovens timorenses a escreverem em português, sendo que o Prémio para o vencedor é um curso de verão de língua e cultura portuguesa na Universidade do Minho no próximo mês de julho/agosto de 2018.

 

O tema do concurso deste ano é "A paz".

 

O prémio tem o valor de 3,000 usd. A Fundação Oriente compra a viagem de ida e volta e faz a inscrição e pagamento de propinas na universidade.

 

Inspire-se e escreva sobre o tema"A paz".

 

Regulamento completo disponível em breve.

 

Destacamos:

O Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente é atribuído ao jovem estudante de Timor-Leste que apresente o melhor texto original com o tema “A paz”;

Os textos a apresentar não devem exceder as 3 (três) páginas A4, com o tipo de letra Times New Roman, tamanho 12 e com espaçamento entre linhas de 1,5;

Ao prémio podem candidatar-se apenas estudantes de nacionalidade timorense, actualmente a frequentar uma instituição de ensino em Timor-Leste, com idade compreendida entre os 18 e os 24 anos, inclusive, completados até à data limite de entrega dos textos;

Ao prémio podem candidatar-se todos os jovens que não tenham vencido o Prémio de Língua Portuguesa de anos anteriores;

Cada estudante apenas poderá apresentar um texto a concurso;

Os textos a concurso devem ser entregues com a identificação do autor, curriculum vitae, indicação da morada, telefone e endereço electrónico (email);

Os textos a concurso deverão ser entregues pessoalmente na Delegação da Fundação Oriente, na morada Rua 30 de Agosto nº 78, Díli até às 17h00 do dia 30 de março de 2018, sexta-feira, ou através do correio eletrónico para delegacaotimor@foriente.pt até ao dia 31 de Março de 2018, sábado;

 

O Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente tem o valor pecuniário de 3,000 dólares americanos e destina-se a apoiar a deslocação e a estadia do estudante premiado em Portugal, durante aproximadamente um mês, a fim de frequentar o Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesa na Universidade do Minho. O curso realiza-se durante o mês de Julho ou Agosto de 2018.

 

 

agendaculturaldili às 08:42 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 17.11.16

Anúncio - Prémio de Língua Portuguesa 2016

A Fundação Oriente anuncia a 4ª edição do Prémio de Língua Portuguesa, um concurso de escrita para jovens timorenses dos 18 aos 25 anos.

 

O tema desta edição é "A árvore".

 

O concurso tem como objectivo incentivar os jovens timorenses a escrevem em português, sendo que o Prémio para o vencedor é um curso de verão de língua e cultura portuguesa na Universidade de Macau no próximo mês de Julho de 2017. O prémio tem o valor pecuniário de 2,500 usd.

 

Com o apoio do BNU Timor, da Embaixada de Portugal/Camões IP e do Ministério da Educação de Timor-Leste, este ano haverá mais do que um vencedor, pelo que há mais possibilidades de ganhar!

 

Leia o regulamento (link mais abaixo), inspire-se e escreva sobre o tema até ao dia 2 de março de 2017 (quinta-feira).

 

 

Link para o Regulamento (click aqui)

 

agendaculturaldili às 02:53 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Regulamento Prémio de Língua Portuguesa 2016

Prémio de Língua Portuguesa para Jovens Estudantes de Timor-Leste

4ª Edição 2016/2017

 

Regulamento

 

1. Designação

É instituído o Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente para jovens estudantes de português de Timor-Leste, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento das suas competências linguísticas e comunicativas em português, através da frequência do Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesa em Macau, promovendo também, desta forma, o intercâmbio cultural com outros falantes de língua portuguesa.

 

2. Âmbito

2.1. O Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente ao jovem estudante de Timor-Leste que apresente o melhor texto original com o tema “A árvore”;

2.2. Os textos a apresentar não devem exceder as 3 (três) páginas A4, com o tipo de letra Times New Roman, tamanho 12 e com espaçamento entre linhas de 1,5;

2.3. Ao prémio podem candidatar-se apenas estudantes de nacionalidade timorense, actualmente a frequentar uma instituição de ensino em Timor-Leste, com idade compreendida entre os 18 e os 25 anos, inclusive, completados até à data limite de entrega dos textos;

2.4 Ao prémio podem candidatar-se todos os alunos que não tenham vencido o Prémio de Língua Portuguesa de anos anteriores;

2.5. Cada estudante apenas poderá apresentar 1 (um) texto a concurso;

2.6. Os textos a concurso devem ser entregues com a identificação do autor, curriculum vitae, indicação da morada, telefone e endereço electrónico;

2.7. Os textos a concurso deverão dar entrada na Delegação da Fundação Oriente, na morada Rua 30 de Agosto nº 78, Díli, ou por correio electrónico fundoriente@foriente.minihub.org até às 17h00 do dia 2 de Março de 2017;

2.8. Dos textos apresentados a concurso nesta edição serão seleccionados pelo júri no máximo 10 (dez), os quais serão apresentados pelos autores publicamente, em local e data a anunciar pela Fundação Oriente;

2.9. Os textos escolhidos não poderão sofrer qualquer tipo de alteração, devendo ser apresentados tal como foram elaborados;

2.10. A Fundação Oriente reserva-se o direito de publicar todos os textos apresentados a concurso, sem que daí advenham quaisquer encargos relativos a direitos de autor.

3. Natureza do Prémio

3.1. O Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente tem o valor pecuniário de 2,500 (dois mil e quinhentos) dólares americanos e destina-se a apoiar a deslocação e a estadia do estudante premiado em Macau, durante um mês, a fim de frequentar o Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesa na Universidade de Macau. O curso realiza-se durante o mês de Julho de 2017.

3.2. Na actual edição do Prémio serão atribuídos 5 (cinco) Prémios de Língua Portuguesa devido ao apoio conseguido das instituições patrocinadoras.

 

4. Atribuição do Prémio

4.1. Os vencedores do Prémio de Língua Portuguesa da Fundação Oriente serão escolhidos por um júri presidido por 1 (um) representante da Fundação Oriente e constituído por mais 4 (quatro) elementos escolhidos entre personalidades de prestígio na área de ensino e da cultura de Timor-Leste e/ou Portugal;

4.2. As decisões do júri serão tomadas por maioria simples e destas não caberá recurso;

4.3. O júri poderá não atribuir os prémios caso entenda que os textos não se enquadram no âmbito deste regulamento ou quando não tenham qualidade suficiente;

4.4. O resultado do concurso será publicado nos media local;

4.5. Os prémios serão entregues em acto público a realizar na Delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste, em data a anunciar;

4.6. A Fundação Oriente reserva-se o direito de decidir sobre a renovação anual da atribuição deste Prémio.

 

Publicado em 31/12/2016

agendaculturaldili às 02:33 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17.05.16

Nota sobre a entrega do Prémio de Língua Portuguesa 2015 - 14 de maio 2016

 

Nota de divulgação

PRÉMIO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015

 

No dia 14 de Maio de 2016, pelas 17 horas na delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste, reuniu-se o júri para deliberar sobre o trabalho vencedor do concurso Prémio de Língua Portuguesa 2015 instituído pela Fundação Oriente, destinado a galardoar o melhor trabalho de língua portuguesa de jovens estudantes timorenses.

Concorreram a este prémio catorze jovens: Natália Ximenes Pereira, Cirilo Rodrigues Subha, Maria Juliana António, Teófilo Maria de Jesus, Francisco José da Conceição Pereira Paiva, Mónica de Araújo, Letícia Carvalho, Amado de Jesus, Crisanta Antónia Soriano Viana, Jonato Lúcio Xavier, João Carlos do Carmo B. Seixas, Rosário Clemente e Silva Araújo, Fátima Áurea Ximenes e Salvador da Silva.

O júri, presidido pela Coordenadora do Centro de Língua Portuguesa da Universidade Nacional Timor Lorosa’e, Elísia Ribeiro e constituído por um representante da Fundação Oriente, Ana Paula Cleto Godinho, coordenadora da Delegação da Fundação Oriente em Macau, Domingos Francisco de Jesus de Sousa, assessor no Gabinete de Apoio à Presidência da CPLP, Eugénia de Jesus das Neves, Directora Académica do Departamento de Língua Portuguesa da Faculdade de Educação, Artes e Humanidades da Universidade Nacional Timor Lorosa’e, e Manuel Azancot de Menezes, Pró-reitor da Universidade de Díli, decidiu atribuir por maioria, o primeiro prémio ao candidato Jonato Lucio Xavier com o texto “Mausoko e o seu valente galo” e o segundo prémio ao candidato Amado de Jesus dos Santos com o texto “O falso amigo”.

Os dois textos vencedores caracterizam-se por evocar como personagens animais ligados à tradição de Timor-Leste, como o crocodilo e o galo, mas também crianças e reis, figuras essenciais em contos infantis. As histórias dos premiados apresentam igualmente cenários muito apelativos como a casa, a floresta e o mar, têm um estilo fantasioso e de expectativa, com moral implícita no seu conteúdo, exibem um enredo muito rico e criativo, e são promotoras de valores universais como a honestidade, a solidariedade, a justiça, entre outros, portanto, são contos muito importantes porque promovem a formação ética e moral das crianças.                                     

O Prémio de Língua Portuguesa 2015 tem um valor pecuniário e individual de USD 2.500,00 e corresponde excepcionalmente este ano, a duas Bolsas de Estudo para frequentar o Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesa do Departamento de Português da Universidade de Macau.

O prémio teve nesta edição o generoso patrocínio do BNU Timor que atribuiu duas bolsas de estudo.

O prémio foi entregue em acto público realizado nesta data na delegação da Fundação Oriente em Timor-Leste.

 

Obrigada a todos os participantes.

Obrigada a todos os elementos do júri.

Parabéns aos participantes e aos vencedores.

 

 

Díli, Timor-Leste, a 14 de Maio de 2016.

Graça Viegas

Delegada da Fundação Oriente em Timor-Leste

 

agendaculturaldili às 08:35 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 03.12.15

Tarde de histórias - 6 de dezembro domingo 15:00

agendaculturaldili às 02:54 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 02.12.15

Novo programa para televisão - Histórias para sonhar em língua portuguesa

Histórias para Sonhar é um projecto da Fundação Oriente patrocinado pelo Gabinete de Apoio à Sociedade Cívil do GPM de Timor-Leste de 2015. Programa que foi exibido na RTTL televisão pública de Timor-Leste no mês de Dezembro de 2015 e na TVET em Março de 2016. :)

 

O projecto é composto por 6 histórias originais para crianças em Língua Portuguesa para incentivo da prática da língua portuguesa fora do ambiente escolar. O projecto conta com a participação de professores timorenses e portugueses na criação da histórias e no contar das histórias.

 

Em cada programa participa uma escola, e os alunos contribuem para a história fazendo a ilustração de desenhos alusivos à mesma, eriquecendo assim o programa de televisão.

 

A gravação, apoio técnico, edição e montagem do programa é da autoria de técnicos timorenses e portugueses.

 

O projecto transpõe para a televisão a actividade de leitura e contar de histórias que se realiza com frequência na Fundação Oriente em Timor-Leste.

 

A todos os participantes um muito grande obrigada em nome da Fundação Oriente.

 

Aqui ficam alguns dos filmes (em baixa resolução) e fotos:

 

Promoção na RTTL em Dezembro - https://www.youtube.com/watch?v=v_ldRlF8j7s

 

História "Owendi, a menina que queria ir à escola" - https://www.youtube.com/watch?v=zXVvWWevzwA

 

História "O velho pescador e o seu beiro" - https://www.youtube.com/watch?v=JnKCUYZuRU4

 

História "O meu avô e as suas histórias" (lenda timorense - kaleik) - https://youtu.be/hlDn9NeNPR4

 

História "O cão Damião na quinta da Conceição" - https://youtu.be/cO_Bil6yPFM

 

História "O sonho da Yulita" - https://youtu.be/J8m21ro3lzI

 

História "A princesa das lágrimas de ouro" - https://youtu.be/PkIsmkgLlnE

 

 

agendaculturaldili às 01:42 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17.11.15

Oficina de Escrita e Sessão de Contos - Sábado 21 novembro 9:00

OFICINA DE REDACÇÃO DE CONTOS TRADICIONAIS de Timor-Leste e

 

SESSÃO DE LEITURA - Contos Poéticos e Poesia Contada


em língua portuguesa

 

Dinamizada por Anabela Leal de Barros

UNIVERSIDADE DO MINHO - PORTUGAL

 

 

No âmbito da Comemoração dos 500 anos da Chegada dos Portugueses a Timor-Leste, a Fundação Oriente e o Centro Cultural Português Díli│Camões I.P. organizam, no dia 21 de Novembro de 2015, com início às 9.00 a Oficina de Redação de Contos Tradicionais de Timor-Leste em Língua Portuguesa e a Sessão de Leitura de Contos Tradicionais, nas instalações da Fundação Oriente em Díli.

 

Serão muito bem-vindos todos os estudantes com competências comunicativas em língua portuguesa, bem como os pais ou outro familiar que queiram participar.

 

Para mais informação contacte por favor através do telefone nº 3322180 ou através do email fundoriente@foriente.minihub.org

agendaculturaldili às 09:51 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 15.10.15

festa de histórias - festa iha ai-knanoik - 25 de Outubro às 10h

Com contos de crianças, sapos e passarinhos ....

Grupo Haktuir Aiknanoik.

 

agendaculturaldili às 04:38 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15.09.15

Histórias Infantis em Língua Portuguesa - Vento Norte

Sábado dia 12/09 às 10h Ana Rosa acompanhada por Gilberto Gasparetto, organiza uma sessão para crianças que incluiu uma curta-metragem original brasileira "Saci", uma lenda brasileira e uma história infantil com o título "Vento Norte".

 

Mais de 40 crianças participaram, uma turma da Escola de Referência (CAFE) de Dili, crianças do MAC, Balide e muitas outras.

 

Veja algumas fotos aqui:

agendaculturaldili às 09:38 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 18.05.15

Contos de encantar a noite 23 de maio 17h, sábado

O grupo Haktuir Aiknanoik apresentou um espectáculo de histórias de encantar no dia 23 de Maio, sábado, pelas 17h na Fundação Oriente em Díli, Timor-Leste, a que chamou "Contos de encantar a noite".


O grupo preparou um espectáculo bilingue, português e tetum, para todas as idades.


O grupo, composto por alunas do Departamento de Língua Portuguesa da Faculdade de Educação da UNTL com apoio do Cooperação Brasileira e da Fundação Oriente, tem realizado com sucesso várias sessões de "Contar histórias" tanto para crianças como adultos em diversas ocasiões e locais da cidade.


23 de maio.jpg


Grupo Haktuir Aiknanoik - Releasing 28/Maio/2015


No último sábado, 23 de maio, o Grupo Haktuir Aiknanoik se apresentou na Fundação Oriente. Pertencente ao Departamento de Língua Portuguesa da UNTL, o grupo é formado por doze jovens mulheres que têm pesquisado as tradições orais timorenses. O grupo também conta histórias, tanto em português como em tétum, resgatando uma tradição ancestral, ao mesmo tempo que a recria no tempo presente.


No dia 23, o espetáculo Ai-Knanoik Furak Kalan Nian/Contos de Encantar a Noite contou com histórias das tradições orais timorense e brasileira, entremeadas de canções e brincadeiras. Houve a presença de timorenses e membros da comunidade internacional, criando-se um momento de trocas e alegria.


 O grupo nasceu de oficinas de contação de histórias realizadas pela professora brasileira Márcia Cavalcante, em meados de 2014, no Museu da Resistência. A partir do entusiasmo das alunas, contando ainda com o apoio das professoras Fernanda Sarmento e Keu Apoema, criou-se o grupo que começou a se reunir no mês de julho de 2014. Nos primeiros encontros, realizados inicialmente a cada quinze dias, o grupo decidiu o nome, os seus objetivos, como seriam os encontros.


 Como objetivo principal, o grupo apontou como desejo promover a arte de contar e ouvir histórias, dando ênfase nas narrativas da tradição oral timorense. Para isso, tem trabalhado com as seguintes ações: o estudo de autores que falam sobre o tema, timorenses e internacionais, e a prática de contar histórias, tanto em exercícios de corpo, voz e memória, como efetivamente circulando por diferentes espaços.


 Apenas no primeiro semestre de 2015, foram cinco apresentações: uma na recepção dos novos alunos do Departamento de Língua Portuguesa, outra na Escola Farol e uma terceira na Escola Arca Infantil, em Hera; duas outras apresentações foram realizadas na Fundação Oriente, abertas ao público. A última aconteceu no dia 23 de maio, no final de tarde, e se chamou Contos de Encantar a Noite ou Ai-knanoik Furak Kalan Nian, com narrativas contadas em português e em tétum, entremeadas de canções,


Sempre que se diz “iha tempu uluk liu ba” ou “em tempos que já lá vão”, percebe-se que contadoras de histórias e ouvintes – sejam eles crianças ou adultos – transportam-se para um mundo de partilhas através da palavra pronunciada e da imaginação. Mesmo o mundo moderno e todas as suas tecnologias, todos os seus livros e volume de informações, precisa da poesia e maravilhamento que as histórias permitem: o olho brilhando, o riso no final da história, a possibilidade que uma pessoa tem de enxergar a si mesmo como herói ou heroína.


 No momento, o grupo conta com doze jovens, são elas: Aquilina, Natalícia, Olga, Natércia, Maria Juliana, Novinda, Gertrudes, Mónica, Sandrina, Leocádia e Natália. Todas alunas do departamento de Língua Portuguesa, que entre aulas e estágios, têm construído o grupo Haktuir Aiknanoik, trabalhando para contar histórias em português e em tétum, conectando não apenas o passado e o presente através das narrativas, mas também a relação entre as duas línguas oficiais de Timor-Leste.


 Para saber mais sobre o grupo, acesse a página do grupo no facebook: https://www.facebook.com/haktuir.


 

ideiasnegocio às 03:33 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

ARQUIVO

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

A DELEGAÇÃO EM TIMOR-LESTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

FUNDAÇÃO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

MUSEU DO ORIENTE

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO

BOLSAS DE ESTUDO