Filme Doces Bárbaros - 1 de abril 2017

Apresentamos o filme documentário sobre o grupo "Doces Bárbaros" composto por Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Gal Costa.

Os Doces Bárbaros é um filme documentário brasileiro lançado em 1976, com direção de Jom Tob Azulay.

 

Sinopse

O filme mostra a excursão comemorativa dos dez anos de carreira dos cantores baianos Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Gal Costa, que formaram o grupo com o nome de Doces Bárbaros, por sugestão de Bethânia. Idealizado para mostrar os espectáculos do disco ao vivo que seria lançado (Doces Bárbaros - Ao Vivo), o documentário mudou de tom ao registar a prisão e julgamento de Gilberto Gil e de um companheiro por posse de drogas.

Gilberto Gil foi obrigado a internar-se numa clínica de desintoxicação, e só saía para participar nos espetáculos programados. Outra curiosidada apresentada no filme mostra Maria Bethânia irritada com um jornalista, perante a suposição que ela teria sido lançada pelo irmão Caetano Veloso, quando na verdade aconteceu o contrário.

 

Versão integral, pela primeira vez exibida sem os cortes da Censura Federal, Os Doces Bárbaros foi escolhido entre os dez melhores documentários sobre Música Popular Brasileira (MPB) no Festival É Tudo Verdade (2004).

 

Jom Tob Azulay, realizador

Jom Tob Azulay nasceu em 1941 no Rio de Janeiro, judeu brasileiro de descendência marroquina, é um ex-diplomata brasileiro, produtor, diretor, escritor, diretor de fotografia e técnico de som.

 

Título original: Os Doces Bárbaros

Gênero: documentário musical

Realização: Jom Tob Azulay

Com Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethania, Caetano Veloso

Duração: 100 minutos


Não recomendado para menores de 14 anos

 

Crítica ao filme - LINK - Folha de S. Paulo

 

 


agendaculturaldili às 08:24 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos