Documentários: O sonho do crocodilo e o regresso ao país do crocodilo

Timor-Leste O Sonho do Crocodilo

da jornalista Diana Andringa

 

"Timor Leste, O Sonho do Crocodilo" é um documentário sobre o primeiro país do Século XXI, um país que conquistou a liberdade com sofrimento, mas pode agora falar disso com um sorriso e uma teimosa esperança de futuro.

A 20 de Maio de 2002, depois de 24 anos de ocupação indonésia e dois de administração das Nações Unidas, Timor-Leste tornou-se independente. Um mês antes, os timorenses tinham escolhido o seu primeiro presidente: Xanana Gusmão, dirigente histórico da resistência contra a ocupação.

 

Um olhar diferente do habitual. Não já o Timor mártir, mas o Timor vitorioso, através de uma luta que parecia impossível travar, mas que a inteligência do povo maubere e dos seus dirigentes permitiu vencer.


Xanana Gusmão é o fio condutor do documentário, mas com a sua voz cruzam-se muitas outras, de combatentes armados e clandestinos, de padres e de bispos, até de quem foi visto, por vezes, como colaborando com o inimigo - e foi, afinal, também, um interlocutor da resistência.

 

Destaque ao povo, daqueles cujo nome não fica nos livros de História, mas merecem não ser esquecidos, como o catequista que, durante o período da ocupação indonésia continuou, teimosamente, a ensinar português, ou a família que cedeu a sua própria casa a refugiados em fuga de Liquiçá, após o massacre que ali tivera lugar.

Um documentário onde se aprende que a duplicidade pode ser a maior arma da guerra. Ou, como diz Mário Caeiro Alves, "Na terra dos cavalos temos de ser como os cavalos para não levarmos um coice". Ou, nas palavras de Xanana Gusmão, "Esta guerra foi a arte de conviver com o inimigo".
Um filme sobre a inteligência de um povo, sobre a alegria da vitória e a reflexão sobre o futuro do mais jovem país do Mundo.

 

Adaptado de www.rtp.pt

 

Ficha técnica

Realização: Diana Andringa
Directora de Produção: Paula Ribas
Som: Quintino Bastos
Montagem: Pedro Ribeiro
Administrador de Produção: Ricardo Bruno
Coordenadora de Produção: Mariana Koenders
Assistente de produção: Bruno Alves
Guia/interprete: Moisés dos Santos
Consultora: Patrícia Galvão Teles
Tradução do tetum: Luis Costa
Locução: Diana Andringa
Grafismo: Susana Eugénio
Montagem de som: Elsa Ferreira
Misturas: Tiago Lopes

 

__________________________


Timor-Leste, O regresso ao país do crocodilo

 

Regresso ao País do Crocodilo", com cerca de 40 minutos, é o relato do regresso a Timor de Diana Andringa, para mostrar "O Sonho do Crocodilo", mas também do regresso à Região 4 do antigo Secretário, Piti Lakon Mosu / Somotxo, para ali recolher a memória da luta. Uma viagem onde se descobre a mais escondida das Frentes de Resistência, a Frente Clandestina.

 

Click para ver um excerto do filme http://amrtimor.org/multimedia/videos/rapdc/

 

Produção: Fado Filmes.

Apoios: Fundação Mário Soares, Fundação Oriente e Instituto Camões.

agendaculturaldili às 10:17 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos