Filme de animação para crianças Papel de Natal

A média metragem de animação portuguesa "Papel de natal", de José Miguel Ribeiro, protagonizada por Dodu, um rapaz de cartão com uma missão ecológica, estreia na Fundação Oriente em Timor-Leste com o apoio do Camões IP e da Embaixada de Portugal em Timor-Leste.


Com realização de José Miguel Ribeiro e argumento de Virgílio Almeida, "Papel de natal" combina imagens reais com cinema de animação, em volume, e tem como pano de fundo a devastação de uma floresta de papel, no mundo da fantasia, à medida que os humanos se desleixam na reciclagem, no mundo real.


Com uma mensagem ecológica implícita – sobre a sustentabilidade do planeta -, o filme é protagonizdo por Dodu, um rapaz de cartão que foi construído, a partir de desperdícios de papel, por Camila, uma menina que anda à procura do pai. A missão de Dodu é encontrá-lo e resgatá-lo do Monstro Desperdício.

 

Esta foi a primeira experiência de José Miguel Ribeiro na combinação de cinema real e animação, num projeto que se prolongou desde 2011. A rodagem com os atores demorou duas semanas e a parte de animação um ano e meio.

 

O elenco de atores integra Mariana Achega (Camila), Ivo Canelas (o pai natal Sana), Vitor d' Andrade (Filipe, pai da Camila) e Crista Alfaiate (Júlia, mãe da Camila).

 

José Miguel Ribeiro, 48 anos, é autor do filme "A suspeita" (2000), da série "As coisas lá de casa", das produções "O banquete da rainha", "O passeio de domingo" e "Viagem a Cabo Verde".

 

Foi um dos fundadores da produtora Sardinha em Lata, da qual se desvinculou para fundar, em 2012, uma nova produtora de cinema, a Praça Filmes, em Montemor-o-Novo.

 

Dodu, o protagonista de "Papel de natal" surgiu pela primeira vez no livro para a infância "O rapaz que aprendeu a voar", de Alexandre Honrado, ilustrado por José Miguel Ribeiro, editado em 2007


Veja o trailer oficial em: https://www.youtube.com/watch?v=hE0CU1Da_CI

 

Imagem do filme

 

Outras imagens:

O Realizador, José Miguel Ribeiro.

 

Cenário

 

A capa do filme,

 

agendaculturaldili às 13:53 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos